Eduardo Inagaki fala da coleção que apresentará na sexta, no Hot Spot

Carolina Vasone

  • Divulgação

    O estilista Eduardo Inagaki: coleção é inspirada no militarismo

    O estilista Eduardo Inagaki: coleção é inspirada no militarismo

Há cinco anos com a marca que leva seu nome mais voltada para o mercado exterior (Japão e EUA), o estilista Eduardo Inagaki aposta numa coleção com referência militar para conquistar os consumidores brasileiros. "São roupas bem femininas. Uso dois termos para definir essa coleção que são o militarismo e o feminismo, aliado à rigorosidade esportiva. Essa última dá uniformidade a tudo", contou Inagaki, em entrevista para o UOL Moda, pela TV UOL, em sua casa, na semana passada.

O desfile de inverno do estilista, que acontecerá na sexta (15), no Amni Hot Spot, em Belo Horizonte (MG), trará muito preto, acompanhado de laranja, verde e púrpura. "Mas o preto permeia tudo", salienta Inagaki, chamando a atenção para o tom que traz a austeridade do tema militar.

O esporte entra na combinação de cores e em acessórios como os vários botões de pressão que enfeitam peças como o vestido mostrado pelo estilista durante a entrevista. Já o feminismo aparece para dar a idéia de força à mulher, contrapondo-se à idéia da feminilidade mais frágil.

Formado na faculdade de moda Santa Marcelina, Eduardo Inagaki já tem sua marca há cinco anos, mas se concentrava mais nas encomendas feitas pelo Japão e pelos Estados Unidos, países onde mais vende. Agora, ele quer conquistar o mercado brasileiro.

UOL Cursos Online

Todos os cursos