"Nós te amamos, Kate (Moss)", diz camiseta de Alexander McQueen, no final de seu desfile

Da Redação

  • AFP

    O estilista Alexander McQueen com camiseta

    O estilista Alexander McQueen com camiseta

Dois dos maiores nomes do mundo da moda hoje, o estilista alemão Karl Lagerfeld, da Chanel, e Alexander McQueen, fizeram defesas públicas e marcantes de Kate Moss durante a Semana de Moda de Paris.

Nesta sexta (7/10), McQueen entrou na passarela, ao final de seu desfile que encerrou o sexto dia do evento parisiense, com uma camiseta cuja frase dizia: "We love you Kate" (Nós te amamos, Kate).

Na quinta (6/10), Lagerfeld, sutilmente, deixou a entender que não concordava com a decisão da Chanel, que desistiu de renovar o contrato com a top model britânica, atualmente rosto do perfume "Mademoiselle Chanel". "A garota não vende sua vida particular, e sim sua imagem", disse a jornalistas, depois do desfile de sua grife própria, a Lagerfeld Gallery. "O que ela faz em sua vida privada diz respeito apenas a ela", completou.

O estilista alemão ainda se mostrou indignado com a situação na qual a modelo foi posta. "Filmar a garota foi um truque muito sujo", afirmou.

Kate Moss teve vários contratos de campanhas de moda cancelados depois que o jornal sensacionalista britânico "Daily Mirror" publicou fotos em que ela cheirava cocaína num estúdio com amigos e o namorado, o músico Pete Doherty, ex-Libertines, atual vocalista e guitarrista da banda Babyshambles (famoso por seu histórico de problemas com drogas).

Atualmente a modelo está internada numa clínica de desintoxicação no Arizona (EUA).(Carolina Vasone)

(com informações da Reuters)

UOL Cursos Online

Todos os cursos