Figurino de "Belíssima" privilegia estilistas nacionais para retratar sofisticação de SP

CAROLINA VASONE
UOL Moda

  • Divulgação/TV Globo

    Ornella Sabatini (Vera Holtz) e Bia Falcão (Fernanda Montenegro): a socialite e a

    Ornella Sabatini (Vera Holtz) e Bia Falcão (Fernanda Montenegro): a socialite e a

A partir de hoje (7), apreciadores do mundo da moda terão um motivo a mais para render-se aos encantos populares da telenovela brasileira. Apesar da temática não ser exatamente o universo fashion, mas a ditadura da beleza, "Belíssima" traz à cena os desfiles, as modelos, participação de personalidades da moda da "vida real", e, claro, muita roupa. "O clima é sofisticado. Afinal, a novela se passa em São Paulo", conta Gogóia Sampaio, que, ao lado de Rô Gonçalves, assina todo o figurino da trama.

A personificação desta sofisticação está na antagonista da trama, Bia Falcão, interpretada por Fernanda Montenegro. Mãe de uma famosa e "belíssima" modelo que morreu num acidente de avião, ela administra a mundialmente reconhecida marca de lingeries Belíssima, criada pela filha, e inferniza a vida da neta Júlia (Glória Pires) por ela não ser tão bonita e estilosa quanto a mãe morta.

"Fizemos um estudo da personalidade de Bia e chegamos até a referência de Carolina Herrera. A partir daí, investimos num visual limpo, mas sempre com um acessório grande, de destaque", diz Gogóia. Logo nos primeiros capítulos da novela, a personagem aparecerá com uma peça que promete ser sua marca registrada: um colar de tricô de prata, da marca Wish, de Bettina Strozenberg e Ruth Goldschmidt.

Outra característica do estilo de Bia é saber adequar itens e marcas de moda à idade dela. Assim, tem no guarda-roupa grifes mais despojadas como Neon e Marisa Ribeiro, e as veste sem parecer estar fantasiada de garota. "Ela nunca mostra os braços, ou usa minissaia. É elegante sem parecer uma velhinha", afirma Gogóia.

Apesar de um traço mais jovem, as roupas usadas por Fernanda Montenegro na novela tendem a ser mais sóbrias e clássicas. A marca que tem mais emprestado roupas para vestir a personagem, aliás, é a Huis Clos.


"Made in Brasil"

Com tanta elegância e sofisticação, há de se perguntar se Bia Falcão usará os ícones mundiais de luxo, como Chanel, Dior e Prada. "Estamos tentando fazer uma novela com figurino 'made in Brasil'. Temos muita coisa boa por aqui", avisa Gogóia.

Os nomes de São Paulo foram priorizados, já que a novela se passa na cidade, mas há roupas de marcas de outros Estados, como Minas Gerais e Rio de Janeiro.

Parcerias como a feita com Alexandre Herchcovitch, que desenhou os uniformes usados pelos funcionários da fábrica Belíssima, devem se repetir com outros estilistas. "Temos conversado com Reinaldo Lourenço", diz Gogóia. Por enquanto, as roupas da coleção do designer poderão ser vistas na personagem de Carolina Ferraz, que viverá Rebecca Cavalcanti, dona da agência de modelos Razzle-Dazzle.

Rebecca e sua sócia Karen (Mônica Torres) serão as "fashionistas" da novela e concentrarão a maior parte das tendências de moda em seus figurinos.

Quanto às lingeries - afinal, a trama gira em torno da fábrica Belíssima - elas são todas da marca Valisère, e ganharão destaque já no primeiro capítulo, que mostrará um desfile ao ar livre com a participação de várias top models fazendo pose em vários lugares ícones de São Paulo, como o Masp, o Parque do Ibirapuera e a avenida Paulista.

Na boca do povo

Entre as personagens que se destacam pelo visual, a de Vera Holtz promete muita extravagância. "Ela é socialite, símbolo da paulista que frequenta os Jardins", acredita Gogóia.

Carioca, a figurinista observou com atenção a fauna do circuito Oscar Freire, Haddock Lobo, Alameda Lorena, para criar Ornella Sabatini, interpretada por Vera. "Vi uma tendência que é mais das mulheres de São Paulo, que é a de copiar a filha. O jeito de se vestir é parecido, e principalmente o cabelo loiro comprido, muito bem tratado, sempre com escova", diz. Por isso, Vera Holtz ostenta uma cabeleira loira abaixo dos ombros, com corte de Wanderley Nunes, propositalmente escolhido por ser um dos cabelereiros preferidos das socialites paulistanas.

"Ornella é vítima da moda. Às vezes, ela chega a ficar 'overdressed'", conta Gogóia, que usou muitas peças da marca Madame X, do interior paulista, na personagem, e sentiu muita dificuldade de encontrar roupas acima do tamanho 42 com informação de moda.

Outra que deve causar furor com o visual é Cláudia Raia, na pele de Safira Güney, uma mulher extrovertida e mandona, que está no quinto casamento. "Ela é gostosona, usa sempre roupas justas", conta a figurinista.

Em contraponto à sensualidade das duas personagens e à sofisticação de Bia Falcão, Júlia Assumpção, interpretada por Glória Pires, é a encarnação da mulher comum. "Ela não chega a ser mal vestida, mas brincamos que ela é 'bege'. Ela é do tipo que vai de calça jeans e camiseta ao cinema. Mas vai ter uma grande virada no visual", revela.

No núcleo grego - há uma parte da novela que se passa na Grécia -, predominam o branco, os tecidos leves e naturais. Vilã na sua última novela, "Celebridade", Cláudia Abreu agora é Vitória Rocha Assumpção, boazinha, ex-menina de rua, casada com Pedro Assumpção, neto de Bia Falcão, interpretado por Henri Castelli. Nela, muitos vestidos longos, claros e leves e um estilo bem romântico. "Ela é uma fadinha", resume Gogóia.


"Elenco" fashion

Parte do mundo da moda foi convocada, outra parte parece estar de sobre aviso para consultorias, dicas informais, pontas e até papéis de destaque na novela.

A top model Letícia Birkheuer é uma das principais representantes fashion na trama. Além de interpretar a filha da personagem de Glória Pires, ela também aparecerá em cenas de flashback como Stella Assumpção, a top model internacional criadora da marca Belíssima, filha de Bia Assumpção e mãe de Júlia (Glória Pires).

Em sua estréia como atriz, Birkheur interpretará Érica, modelo que tenta sucesso em Londres.

Outras modelos como Marcelle Bittar, Raquel Zimmermann, Geysa Chiminazzo, Ana Beatriz Barros, Michelle Alves, Rojane Fradique e Carol Trentini aparecem no desfile do primeiro capítulo da novela.

Gravações com editoras e personalidade do universo fashion estão previstas, mas por trás das câmeras há bastante gente da área com a mão na massa.

O estrelado designer Giovanni Bianco - responsável pelo conceito gráfico da turnê Re-invention, de Madonna - foi contratado para prestar consultoria aos desfiles que serão realizados durante a novela. Já Daniel Ueda, nome conhecido de grandes editoriais e apresentações do São Paulo Fashion Week, é o stylist dos desfiles da ficção. O maquiador Fernando Torquato assina a caracterização dos personagens.

UOL Cursos Online

Todos os cursos