Maquiador do desfile da Givenchy aponta tendências do inverno

CAROLINA VASONE
Enviado especial a Paris

  • Antonio Barros/UOL

    Maquiagem sutil já é tendência. Nas fotos, modelos antes do desfile de Véronique Leroy

    Maquiagem sutil já é tendência. Nas fotos, modelos antes do desfile de Véronique Leroy

Nos desfiles da tradicional Givenchy e da jovem Véronique Leroy, o maquiador Peter Philips - responsável por muitas das belezas de semanas de moda como as de Nova York, Milão e Paris - apostou no look praticamente "cara lavada". "As roupas são pesadas, mais escuras, então quis fazer um contraponto com algo mais leve e fresco no rosto", disse o maquiador de origem belga, em entrevista ao UOL Moda, no camarim de Leroy, na última quinta (2/3).

Apesar do look natural ser uma tendência - efeito mais forte na Givenchy, em que as modelos pareciam de fato não usar nada no rosto - Philip acredita que não há uma única diretriz para a maquiagem no próximo inverno. "Ninguém deve ficar trocando de maquiagem a cada estação. Da mesma maneira que em moda, hoje, não existe uma regra, na maquiagem você deve usar o que te cai bem", afirma.

Com esse mandamento básico em mente, há algumas apostas para o inverno. "Recomendo ter um blush cremoso. Pode ser mais alaranjado, mas o rosa normalmente fica bem em vários tons de pele. Com um produto desse, dá para levantar o visual e ainda usá-lo como sombra ou batom", conta.

Entre os itens mais desejados da necéssaire luxuosa, Philip elege o batom Rouge Allure, da Chanel. "A embalagem dele, que imita um perfume Chanel nº5, abre com um 'clic' e é um item de desejo", diz.

As afortunadas que assistiram ao desfile da Chanel não precisam nem anotar o nome: a marca deu de brinde o produto aos convidados.

UOL Cursos Online

Todos os cursos