São Paulo Fashion Week - Inverno 2007

Sem futurismo e com metalizados, inverno brasileiro mostra sua receita de moda

CAROLINA VASONE
Editora de UOL Estilo

  • Silvia Boriello/UOL

    No look da Zoomp, algumas das principais tendências do inverno: skinny, vestido curto e brilhos

    No look da Zoomp, algumas das principais tendências do inverno: skinny, vestido curto e brilhos

Fim do São Paulo Fashion Week. E os dados - ou melhor, as roupas - estão lançados.



Principal evento de moda do país, a temporada paulistana, sem dúvidas, é a melhor bússola das tendências nacionais. Junte os 38 desfiles de grandes marcas como Zoomp e Ellus, importantes estilistas como Gloria Coelho e Alexandre Herchcovitch e jovens talentos como Wilson Ranieri e Fabia Bercsek. Misture tudo, deixe descansar um pouco. Acrescente uma pitada do que foi visto no Fashion Rio e é isso: a receita do inverno 2007 está pronta.



Alguns ingredientes são importados, mas, adaptações e misturas feitas, o prato é brasileiro. Os metalizados das passarelas internacionais vieram com tudo, os anos 60 também (não com tanta força como previa o Rio), e o futurismo - retrô ou futurista mesmo - foi reinterpretado. Tirando os materiais tecnológicos, o matelassê (meio astronauta, meio espacial) e o brilho metalizado, o futuro da passarela está muito menos evidente do que o proposto lá fora. Claro, no Fashion Rio não faltaram inúmeras versões do vestido "retro-futurista" de Paco Rabanne, mas ao chegar em São Paulo, esta "obsessão" foi diluída.



Nesta bela caldeirada de moda entram ingredientes bem diferentes que servem para equilibrar o sabor e dar tempero na medida certa. Seguindo a tendência que já vem do verão, os vestidos e saias são curtinhos, mas soltos. Ou seja, dá para ser sexy sem ser vulgar. Por não marcar o quadril, a modelagem trapézio, o caimento evasê e mesmo o tubinho que apareceram nas passarelas favorecem as mulheres brasileiras e permitem que, mesmo as pernas grossas, pareçam mais finas, já que a saia termina aberta ou, no caso do tubinho reta porém solta.



O jogo de equilíbrio da moda do inverno aparece também na combinação dos metalizados e brilhos dourados em paetês, lurex e outras aplicações em formas mais esportivas ou menos ajustadas ao corpo. Assim, dá para usar dourado bem forte, prateado dando luz inteiro num vestido sem parecer "perua".



As formas mais soltas das partes de cima são compensadas pelas partes de baixo mais do que justas, justíssimas. Aí, entram as leggings femininas e as calças skinny e colantes tanto para homens quanto para mulheres. A calça de couro preto, bem justa, volta a virar hit neste inverno.



A seguir, confira algumas das principais tendências que devem seduzir quem gosta de roupa no próximo inverno:



Metalizados - O dourado é rei nesta temporada. Aparece mais claro ou bem forte tanto em tecidos como em estampas e aplicações. Pode enfeitar peças inteiras, como uma blusa solta, ou surgir em detalhes. Além do dourado, o prateado vem forte além de todas as outras cores metalizadas (rosa, verde, azul).



Decote nadador - Apareceu nas costas de vários tops e vestidos, dando um ar mais despojado aos materiais nobres e aos brilhos.



Ankle boots - São as botinhas curtas, bem curtas, na altura do tornozelo. Tendência vinda direto das passarelas e ruas européias para o Brasil.



Calça justa - O jeans skinny, as calças no geral ajustadas e as leggings moldam as pernas fashion da temporada.



Pantalonas - Aos poucos, elas têm aparecido mais e mais nas passarelas. Alternativa elegante para quem não quer deitar na cama para vestir o jeans.



Texturas - Os tecidos vêm texturizados, com aplicações e tratamentos de substâncias como resina, misturados com fibras sintéticas, em devorê e em várias outras técnicas e texturas.



Vinil, lurex, couro e matelassê - Falando em tecidos e texturas, estes materiais, cada qual com seu efeito (lurex glamouroso, vinil e couro fetichistas, matelassê espacial e divertido) foram usados em muitas, muitas coleções.



Cinza - Ele não vai substituir o preto, mas é uma boa alternativa para o inverno. Sóbrio, tem mais personalidade que o bege e é menos pesado que o preto.



Preto - Depois de um verão muito colorido, o inverno terá algumas cores mas o preto é quem manda, tanto sozinho como misturado com brilhos, texturas e outras cores (leia mais aqui).

UOL Cursos Online

Todos os cursos