Com loja conceito nos EUA, Osklen quer estabilidade no país e participação na semana de Nova York no futuro

AILTON PIMENTEL

Colaboração para o UOL, de Nova York

A Osklen inaugurou em junho sua primeira loja conceito nos Estados Unidos, no nova-iorquino bairro do SoHo, mas ainda não foi desta vez que o estilista Oskar Metsavaht levou sua grife às passarelas da semana de moda de Nova York.

O pé no freio foi dado pelo próprio estilista. "Segurei a tentação de desfilar agora [na temporada de verão 2008], porque quero ter uma resposta mais concreta sobre a recepção da marca em solo americano", disse Metsavaht, em entrevista ao UOL, em sua charmosa flagship store, na 97 Wooster Street.

Se depender da resposta de crítica e público, a Osklen deve pisar forte nas passarelas americanas no próxima temporada de desfiles de inverno, em fevereiro. Desde sua inauguração, a loja já teve visitantes ilustres, como Debra Messing, Whoppi Goldberg, Kate Winslet, Julia Stiles e Matthew McConaughey.

No primeiro trimestre de sua filial em Nova York - a grife ainda tem três endereços em Portugal, dois na Itália, um na Suíça e planeja a abertura do primeiro em Tóquio -, a Osklen já pôde traçar um perfil de sua clientela. "Ontem, recebemos a visita de uma princesa árabe que encomendou vestidos de noite para ela e suas filhas. Agora, atendi a dois representantes de kitsurf, que querem criar uma parceria conosco", conta Metsavaht.

Segundo o estilista, o público "é atraído por uma vitrine que revela roupas com diferencial no desenho - isto inclui silhuetas e estampas -, se encanta com a qualidade do corte e do tecido, e é fisgado pelo 'lifestyle'".

Metsavaht conseguiu reverter pontos contraproducentes que uma marca ou estilista 'made in Brazil' tem de enfrentar para encarar o mercado internacional, como, por exemplo, a contramão climática, já que o período de verão no Brasil equivale ao inverno no hemisfério norte.

"Como temos um inverno ameno, fica fácil adaptar cores e formas para o verão. Meu maior objetivo neste momento é estabelecer ateliês de estilo em Nova York e Milão para pensar a melhor maneira de manter o interesse de consumidores e da imprensa em cada coleção da marca", finaliza.

Se continuar a despejar tendências a cada temporada, com peças que remetem a um caldeirão de misturas e têm caimento sob medida para o mundo globalizado, Metsavaht deve conseguir dar o próximo passo com sucesso.

UOL Cursos Online

Todos os cursos