Filha de Al Fayed apresenta coleção em Paris

Da Ansa, em Paris

Ela se chama Jasmine, tem 26 anos, uma filha de 18 meses e um sobrenome forte: Al Fayed. Filha de uma loira finlandesa, ela também é alta e magra e não demonstra dificuldades para falar do pai famoso, o milionário egípcio Mohammed Al Fayed, que a está ajudando a entrar no ramo da moda, desde que ninguém pergunte sobre o trágico caso da morte de Dodi e Lady Di.

Jasmine de Milo, nome artístico adotado pela estilista, apresentou nesta quinta-feira em Paris, no Hotel Ritz, de propriedade de seu pai, a sua quarta coleção de moda, bem aceita pelo público e pelos compradores, entre eles a Harrods, famosa loja de departamentos da Grã-Bretanha, além de muitas outras grandes lojas do mundo inteiro.

Entre as peças da sua coleção, o destaque fica para uma série de vestidos curtos com enfeites no decote, um vestido-camisa com saia levemente ondulada sobre o short e um grande vestido de festa reto de chiffon rosa e preto.

No início, o estilo das roupas criadas por Jasmine era muito cercado pelo luxo, mas hoje sua moda está mais estilizada e ela admite admirar o estilo da francesa Anne Valerie Hash e do norte-americano Rick Owens, "moderno e gráfico".

Jasmine afirma que decidiu investir no caminho da moda, pois cria roupas desde os sete anos de idade e aprendeu com a avó materna, uma artista plástica, o desenho anatômico.

A filha do milionário egípcio também anuncia que em 2008 deve lançar uma coleção infantil e uma linha de acessórios.

Apesar de suas criações fazerem sucesso entre os compradores, a imprensa especializada européia ainda esnoba Jasmine, como se a filha de Al Fayed não pudesse ser tão elegante como uma estilista francesa ou italiana, formada - como ela - nos curso da St. Martin's School de Londres. (ANSA)

UOL Cursos Online

Todos os cursos