Carlos Miele inaugura loja conceitual em Paris, projetada por arquiteto premiado

da Redação

  • Divulgação

    Fachada da loja de Carlos Miele, inaugurada nesta quarta (14), na badalada rua Saint-Honoré

    Fachada da loja de Carlos Miele, inaugurada nesta quarta (14), na badalada rua Saint-Honoré

Depois de sua premiada loja em Nova York - considerada a "loja do ano" (de 2003) por revistas internacionais de arquitetura, cujo projeto fez parte da Bienal Internacional de Arquitetura e Design -, o estilista Carlos Miele repete a parceria de sucesso com o arquiteto egípcio Hani Rashid para inaugurar sua primeira loja em Paris.

A abertura da "flagship store" parisiense do brasileiro, prevista (e aguardada pelos fashionistas franceses) para agosto deste ano, aconteceu na noite da última quarta (14), na Saint-Honoré, rua de moda onde ficam a multimarcas fashion Colette, a loja da Miu Miu (segunda grife da Prada) e a de John Galliano.

O projeto de Rashid segue as mesmas linhas - algumas sinuosas e inspiradas em Niemeyer e Burle Marx, outras com referência do barroco francês e da art nouveau - do endereço de Nova York. Inteiro branco e com paredes que dão sensação de continuidade e profundidade, o espaço evidencia os vazados e curvas desenhados pelo arquiteto e destaca o colorido das roupas feitas artesanalmente por Carlos Miele.

Em dois andares de um prédio do século 18, a loja conta ainda com uma escultura de fibra de vidro de trinta metros de comprimento, que atravessa todo o primeiro piso, onde fica a coleção da grife Carlos Miele, desfilada na semana de moda de Nova York. Na parte de cima está a linha mais casual, batizada apenas de Miele.

Na inauguração, representantes da Vogue e da L'Officiel francesas, além da editora de moda do jornal Le Figaro, Virginie Mouzat, ouviram bossa nova, beberam a cachaça chique Leblon (vendida no bar do hotel Ritz) e comeram os canapés assinados pela banqueteira Andréia Manzi, vinda especialmente de Recife para a ocasião.(Carolina Vasone)

UOL Cursos Online

Todos os cursos