Marcelo Quadros inaugura loja, desiste do SPFW e investe na roupa sob medida

DANIELA SALÚ
Da Redação

  • Alexandre Schneider/UOL

    Vestido da coleção verão 2008 do estilista, apresentado na SPFW

    Vestido da coleção verão 2008 do estilista, apresentado na SPFW

O estilista Marcelo Quadros inaugura nesta terça-feira (18) sua primeira loja própria, no bairro dos Jardins, em São Paulo. Apesar de suas roupas estarem presentes em 80 pontos de venda no Brasil e seis no exterior, é na nova casa que o Marcelo pretende manter a sua base de trabalho. "Aqui, a grande intenção é ter proximidade com a cliente final, pois muitas pessoas não sabem onde encontrar o meu produto. Há também uma proposta mais intimista, de trabalhar com uma clientela mais direcionada", explica. As peças confeccionadas no novo endereço não deverão concorrer com as outras duas linhas do estilista, voltadas ao prêt-à-porter: a MaQ, mais casual e a linha Marcelo Quadros de vestidos de festa produzidos em uma escala maior.

"A idéia é, a partir de fevereiro, lançar mensalmente uma pequena coleção, exclusiva e limitada. Teremos o maior cuidado de não fazer roupas repetidas, realizar os ajustes necessários, ter um atendimento privado, com a roupa finalizada no corpo", conta Marcelo. Se a cliente quiser, também pode desenvolver um vestido exclusivo com o estilista, resgatando a tradição dos ateliês de alta-costura.

A preocupação com o atendimento personalizado também parece ter sido o motivo que levou o estilista a desistir de participar da próxima edição da São Paulo Fashion Week, semana de moda da qual ficou afastado por dois anos e retornou recentemente, apresentando o verão 2008. "Estou numa mudança de foco, mais voltado para meus lançamentos e minhas clientes, porque o produto de luxo exige um cuidado maior, que nem sempre é possível realizar nos grandes eventos", explica. O estilista reconhece que a SPFW foi um grande degrau profissional, tanto que esteve presente em cerca de sete edições, e não descarta uma participação futura. Mas, neste momento, prefere manter um foco mais intimista, e deve realizar um desfile solo de sua marca em março.

A coleção que inaugura o novo endereço é a Resort 2008. Inspirada nos fogos de artifício, ela traz muito brilho nas cores off white, dourado e prata. As peças vêm em diversos comprimentos e silhuetas, com bordados e franjas realçando a sensualidade e a feminilidade, duas características que Marcelo considera indispensáveis em suas produções. "Esta coleção foi direcionada para as festas de final de ano com glamour e sofisticação", diz o estilista.

E qual seria o segredo para não errar nas roupas de festa, que sempre geram tantas dúvidas em frente ao espelho? "Menos é mais", decreta ele, que garante ser o excesso o pecado mais comum entre as mulheres. "São muitos elementos numa só produção: vestido, bolsa, echarpe, sapato, cabelo, maquiagem. O risco de ficar deselegante é grande quando há exagero. A roupa de festa é uma linha muito tênue entre o elengantérrimo e o cafonérrimo", afirma.

Na opinião do estilista, descobrir o melhor modelo de vestido para cada tipo de corpo envolve estilo, personalidade e a proporção do corpo. "Você pode usar manequim 42 ou 44 e ficar bem em um tomara-que-caia, por exemplo, se tiver um corpo proporcional. É preciso ter uma silhueta, e buscar sempre o look longilíneo, que favorece mais", explica.

Para a virada de ano, Marcelo acha que é possível fugir do branco total, brincando com outras cores ou misturando acessórios coloridos. "Acredito no prata, no dourado, no amarelo e nos brilhos de modo geral. O réveillon é uma festa de alegria e riqueza, e todas as cores remetem a isso", completa.

Serviço;
MARCELO QUADROS
Onde: Rua José Maria Lisboa, 873, casa 1, Jardins, São Paulo
Informações: 0/XX/11 3051-5044 e 3051-4533

UOL Cursos Online

Todos os cursos