Fause Haten evoca cores fortes e guerra em passarela escorregadia

FERNANDA SCHIMIDT
Do prédio da Bienal

  • Alexandre Schneider/UOL

    Look da coleção inverno de Fause Haten

    Look da coleção inverno de Fause Haten

O estilista Fause Haten partiu dos mesmos dois temas que inspiraram sua coleção feminina para criar o Inverno 2008 masculino, desfilado na noite deste sábado (19), no quarto dia de São Paulo Fashion Week.

México e Marlene Dietrich apareceram, principalmente, em referências a cores fortes e guerras, período vivenciado pela diva alemã.

Ao contrário da apresentação feminina na quarta-feira (16), em que dois looks eram apresentados simultaneamente, em uma espécie de desfile duplo, a coleção para os rapazes foi mostrada em passarela simples, mas que provocou alguns imprevistos.

Escorregadio, o trajeto dificultou o caminhar de quase todos os modelos, em especial quando faziam a volta em frente aos fotógrafos - um deles chegou a cair, recebendo aplausos da sala enquanto retornava para a boca da passarela, decorada com um telão que mostrava o desabrochar de uma flor.

Os looks priorizaram, todos eles, os volumes secos. Calças ajustadas recebiam ainda a aplicação de amarrações ao longo da perna para deixá-las ainda mais apertadas. Os paletós eram acinturados e tinham forte aspecto militar.

Roxo, vermelho, verde, amarelo em calças e blusas buscavam a referência mexicana, fortalecida por estampas de Acapulco, pimentinhas e caveiras - em referência à celebração do Dia dos Mortos, e utilizadas em jaquetas e mangas de camisas, criadas a partir pequenas tachas metalizadas.

A diva Marlene Dietrich, que participou de apresentações para tropas durante a Segunda Guerra Mundial, foi lembrada por meio de estampas de pára-quedistas e aviões. Apesar de pontuada por cores fortes, a nova coleção de Fause Haten prioriza os tons neutros, em especial o preto.

Os acessórios incluíam sapatos e tênis de couro coloridos, cachecóis e grandes bolsas, carregadas na mão como pastas.

Ao fim do desfile, durante seu agradecimento, Fause Haten foi vítima da passarela traiçoeira, escorregando e se equilibrando novamente, rindo. No retorno para o camarim, apanhou no ar uma rosa - presente da marca aos convidados, ao lado de um caderninho de anotações - atirada da platéia.

UOL Cursos Online

Todos os cursos