"Shopping-terapia" defende relaxamento por meio de compras

Da Ansa, em Roma

ROMA, 9 JUN (ANSA) - Após dois anos de estudo, chega à Itália uma suposta nova cura para o estresse: a "shopping-terapia", idéia de origem britânica e que defende a atividade de comprar como uma técnica terapêutica.

A terapia prevê uma massagem inicial em um centro de bem-estar, depois o cliente é acompanhado por um especialista em compras, que irá guiá-lo pelas lojas e dará conselhos para novas aquisições.

O programa, com duração de cerca de quatro horas, já é oferecido em cidades como Paris, Nova York, Milão e Roma.

UOL Cursos Online

Todos os cursos