Carla Bruni lança bolsa de 100 euros inspirada em produto de favela africana

Da Ansa, em Paris

  • Brainpix

    A primeira-dama francesa, Carla Bruni

    A primeira-dama francesa, Carla Bruni

A cantora Carla Bruni lançou nesta sexta-feira a bolsa Township, reprodução de uma bolsa que a primeira dama francesa recebeu de presente de uma costureira, durante uma viagem à África do Sul, no último mês de fevereiro, ao lado de seu marido, o presidente Nicolas Sarkozy.

Na ocasião, Bruni visitou a favela de Khayelitsha, onde são produzidas estas bolsas de fibras naturais com cores da bandeira da África do Sul.

Agora, por iniciativa da primeira dama, serão reproduzidas 200 versões da bolsa na França, que serão vendidas pela butique parisiense de Colette a 100 euros cada. Os lucros da venda serão destinados à organização Township Patterns, que construirá uma outra tecelagem em Khayelitsha, para empregar dezenas de pessoas.

UOL Cursos Online

Todos os cursos