Lacoste busca essência na decáda de 20 para seu próximo verão

FERNANDA SCHIMIDT

Em Nova York

A Lacoste abriu a programação de desfiles para o Verão 2010 deste sábado (12), terceiro dia da semana de moda de Nova York, que faz sua última temporada com sede no Bryant Park.

A coleção buscou inspiração no trabalho do fotógrafo francês Jacques-Henri Lartigue, como uma maneira de encontrar o espírito tradicional da marca da década de 1920.
  • Quadro ilustrava as diferentes maquiagens e penteados criados para o desfile da Lacoste


"É um exercício de estilo. Existe um 'vocabulário' de moda relacionado à Lacoste, gosto de reescrevê-lo, ir atrás da raiz da marca", disse ao UOL Estilo, o diretor criativo Christophe Lemaire, sobre o trabalho dentro de uma marca clássica.

Os conjuntos para a prática do tênis têm força no novo verão da marca e são intercalados por peças tradicionais como a polo, boina e vestidos com gola. Há também espaço para o navy, com maiô tomara que caia em marinho.

Na cartela de cores, predominam o branco e o azul em diferentes tons, inclusive o jeans, e preto. As peças, em sua maioria lisas, receberam também padronagens pontuais, com listas horizontas ou verticais e pequenas bolas.

A paleta culminou em uma sequência de amarelos, com todos os modelos em looks monocromático na fila final do desfile. "É para lembrar as pessoas que a Lacoste é uma marca bastante otimista, com um brilho no fim", contou Lemaire.

UOL Cursos Online

Todos os cursos