Evento de moda em SP traz novidades para o mercado "plus size"

MARCIO PADRÃO

Do BOL

Com sete anos de experiência no mercado plus size brasileiro, a modelo Andrea Boschin, 32 anos, foi além da exposição nas revistas e desfiles e decidiu trabalhar na produção de um evento específico para esse nicho. Andrea é uma das idealizadoras do Fashion Weekend Plus Size (FWPS), cuja segunda edição acontece hoje (23) e amanhã (24), em São Paulo.

  • Marcos Padrão/BOL

    A modelo e co-organizadora do Fashion Weekend Plus Size, Andrea Boschin, se prepara para a primeira noite do evento (23/07/2010)

No ramo desde 2003, quando foi revelada em um concurso de moda na internet, Andrea e outras modelos acreditam que o potencial do país no gênero plus size é grande. No entanto, o crescimento esbarra em algumas difculdades como a divulgação tímida, a falta de estrutura profissional e o preconceito dos setores mais conservadores da moda.

"A nossa mídia cultua a magreza. Mesmo que as grifes de plus size queiram se apresentar no São Paulo Fashion Week, elas serão discriminadas. Assim, me uni à jornalista Renata Poskus para viabilizarmos o primeiro FWPS em janeiro deste ano", explica Andrea sobre as razões de ter criado o evento.

Ela conta que as grifes ainda não tinham sequer preparado suas coleções. Com algum esforço, conseguiram pilotos de 10 grifes para os desfiles do FWPS em janeiro. Para esta segunda edição, serão quase 20 grifes, tais como Shine, La Mafe, Ness, Tulnitex, Loony e outras.

Outra dificuldade comum das grifes é criar peças que se adaptem aos diferentes biotipos das mulheres mais cheinhas. "Algumas têm mais barriga, outras mais peito. Mas as empresas estão acordando para a necessidade de investir nesse público", comemora Andrea.

Saudáveis

Para as modelos, o sucesso da modelo brasileira Fluvia Lacerda - atual sensação do mercado 'plus size' no exterior - foi uma grande inspiração para investir na carreira. Foi o caso da mineira Silvia Neves, que assumiu sua identidade de modelo há cerca de um ano, já casada e com 35 anos na época. Divide a nova carreira com a profissão de funcionária pública.

Em uma área em que se começa ainda na pré-adolescência, Silvia parece ir na contramão, mas com seus 80 quilos distribuídos em 1,74 metro, é uma das mais requisitadas modelos "gordinhas", ou "mulheres reais", como gostam de se chamar. "Nunca fui gorda nem magra e sempre cuidei da minha saúde", afirma Silvia.

Os cuidados com a saúde são uma preocupação das modelos, pois negam o tabu de que a atual valorização do tamanho GG seja uma apologia à obesidade. "Procuro me alimentar de forma saudável, procuro fugir de refrigerante, mas não me privo de comer. Só presto atenção na quantidade, além de cuidar da pele e cabelo", ressalta a modelo paulista Nathália Contier, de 21 anos.

Serviço

Fashion Weekend Plus Size - preview primavera/verão 2011
Quando: 23 e 24 de julho, a partir das 19h
Onde: Rua Faustolo, 1347 - Lapa - São Paulo - SP
Entrada: R$ 60, pelo site www.fwps.com.br

UOL Cursos Online

Todos os cursos