Desfile-passeata Fashion Mob reúne centenas de pessoas no centro de São Paulo

FERNANDA SCHIMIDT

Da Redação

A Casa de Criadores reafirmou seu papel de celeiro de novos talentos da moda nacional com o 2º Fashion Mob, que abriu a programação desta edição do evento com passeata pelo centro de São Paulo, na tarde ensolarada deste domingo (28). A Casa de Criadores segue até quarta-feira (1º) com desfiles no shopping Frei Caneca, na capital paulista. Veja a programação completa aqui.

  • Alexandre Schneider/UOL

    Participantes do 2º Fashion Mob fazem passeata pelo centro de São Paulo (28/11/2010)

O Fashion Mob é um desfile gratuito e aberto a todas as pessoas interessadas em mostrar suas criações de moda e concorrer ao prêmio de uma vaga no lineup oficial da próxima Casa de Criadores, em maio. Nesta 2ª edição, também foram aceitas inscrições para trabalhos de artes plásticas.

O objetivo do Fashion Mob é tentar popularizar a moda. “Este é um exercício de democracia e uma brincadeira para as pessoas que gostam de moda. Uma brincadeira séria”, disse o empresário André Hidalgo, diretor da Casa de Criadores.

A caminhada do Largo do Arouche ao Parque da Luz contou com desfile de 71 estilistas e reuniu centenas de pessoas, seguidas por um trio elétrico ao som do DJ Jackson Araújo. As coleções, algumas formadas por apenas um look e outras, por mais de 10, mostraram propostas para moda feminina, masculina, praia e infantil.

Durante a passeata fashion, a população era convidada a acompanhar o percurso em meio às criações e seus criadores. E lá estavam familiares e amigos dos inscritos empunhando suas câmeras fotográficcs, curiosos, entusiastas da moda, um morador de rua alcoolizado, animais de estimação e ativistas da ONG Move Institute, que aproveitaram  a ocasião para fazer uma manifestação contra o uso da pele animal em desfiles e editoriais de moda. A pele foi, de fato, deixada de lado nas roupas propostas para o Inverno 2011, mas apareceu revestindo animais inteiros, como os peixes e um coelho usados no styling de dois grupos.

O tom de manifesto esteve presente também na coleção assinada pelo estilista André Miamoto, 22, de Cristais (MG). Em vez de trabalhar com modelos, o jovem formado em moda pela Fumec, de Belo Horizonte, optou por apresentar suas criações masculinas em cabides dispostos em duas araras. Segundo ele, as peças foram feitas para um homem que ainda “não é palpável”. “Mas suas roupas já estão prontas”, explicou.

  • Alexandre Schneider/UOL

    O estilista Thiago Schynider posa ao lado das criações que lhe renderam o 1º lugar no Fashion Mob (28/11/2010)

Para a empresária e consultora de moda Costanza Pascolato, 71, uma das juradas do evento, o Fashion Mob mostra que a informação de moda tem sido difundida pelo país, por meio da incorporação de algumas tendências apresentadas na última semana de moda de Paris. “Pode-se ver como a internet é importante neste quesito de armazenamento de imagem”, disse ela, que avaliou o trabalho dos estilistas ao fim da passeata. A comissão julgadora era formada por jornalistas de moda, estilistas e empresários do setor.

Na opinião de Costanza, a geometria foi o ponto mais bem explorado pelos participantes no geral. “No meio deles, há três ou quatro que mereciam ganhar e um que fez um trabalho elaborado, adulto, todo em preto e bege. Acho que é quem vai ficar em 1º lugar”, disse.

Ela referia-se às peças criadas pelo carioca Thiago Schynider, 24, eleito o vencedor deste Fashion Mob com uma coleção masculina e feminina inspirada no Egito e na sobreposição de pedras. As quatro peças, contou ele em entrevista ao UOL Estilo, foram pensadas e confeccionas em duas semanas com ajuda de uma equipe de dez pessoas. “Tinha esperança de ganhar, porque usaria as minhas peças. Confiança é tudo”, afirmou.

Estudante de modelagem do Senai/Cetiqt (RJ) e fã de Alexander McQueen e Oskar Metsavaht, Schynider já desfilava no Caxias Fashion, evento de moda organizado por um shopping da Baixada Fluminense. “De lá, comecei a vender para multimarcas. Agora, vou participar da próxima edição da Casa de Criadores e seja o que Deus quiser”, disse, com ar esperançoso.

UOL Cursos Online

Todos os cursos