Informações sobre o álbums
  • editoria:Jardinagem
  • galeria: Compostagem: transforme o lixo orgânico em adubo natural para as plantas
  • link: http://mulher.uol.com.br/casa-e-decoracao/album/compostagem_passoapasso_album.htm
  • totalImagens: 20
  • fotoInicial: 1
  • imagePath: http://c.imguol.com/album/
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:direita
  • timestamp: 20120307161411
    • adubo [30969]; passo-a-passo de jardinagem [51099];
    • jardinagem [21195];
Fotos
Em vez de simplesmente descartar o resíduo orgânico gerado em sua casa, e encaminhá-lo a um aterro sanitário, que tal contribuir para o equilíbrio do planeta, transformando-o em adubo e fertilizantes naturais em uma composteira? Conheça dois modelos diferentes e veja como é simples construir a sua<BR><BR> Fabiano Cerchiari/UOL Mais
Materiais<BR>- Furadeira<BR>- Brocas em três tamanhos (fina, média e 5/8)<BR>- Torneira (5/8)<BR>- Óculos<BR>- Caixa com três módulos e tampa<BR>* 15 litros para uma pessoa que não se alimenta muito em casa<BR>* 28 litros para duas pessoas que não se alimentam muito em casa<BR>* 39 litros para quatro pessoas que não se alimentam muito em casa<BR>* 60 litros para seis pessoas que não se alimentam muito em casa<BR><BR> Fabiano Cerchiari/UOL Mais
Use a broca média para fazer furos embaixo das duas caixas superiores. Os furos devem estar equidistantes em média três dedos. "Esses orifícios permitirão a travessia das minhocas e o escoamento do excesso de líquido", diz Cláudio Spinola, da Morada da Floresta<BR><BR> Fabiano Cerchiari/UOL Mais
Com a broca mais fina, abra pequenos orifícios ao redor da tampa, que irão garantir a oxigenação dos resíduos<BR><BR> Fabiano Cerchiari/UOL Mais
Com a broca maior, fure a caixa inferior, onde será encaixada a torneira. Essa caixa coleta o líquido que escorre dos resíduos orgânicos, também chamado de biofertilizante líquido<BR><BR> Fabiano Cerchiari/UOL Mais
Depois de acoplar a torneira, por onde você poderá colher o fertilizante líquido, a parte estrutural da composteira está pronta<BR><BR> Fabiano Cerchiari/UOL Mais
Materiais para a compostagem:<BR>- Serragem (de madeira sem tratamento), folhas, grama, palha secas<BR>- Terra preta<BR>- Minhocas<BR><BR> Fabiano Cerchiari/UOL Mais
Nas duas caixas digestoras (a superior e a do meio), adicione cinco centímetros de terra<BR><BR> Fabiano Cerchiari/UOL Mais
Depois, coloque as minhocas até cobrir toda a superfície<BR><BR> Fabiano Cerchiari/UOL Mais
Depois de pronta, a composteira deve ficar em local protegido do sol e da chuva. Dispense o resíduo orgânico na caixa digestora de cima, sempre cobrindo-o com material vegetal seco, como a serragem. Assim que ela encher, coloque-a no meio do sistema, e passe a jogar os resíduos na outra caixa. "Cada caixa é preenchida, em média, em um mês, quando já é possível retirar o húmus, que será usado nas plantas como adubo", afirma Claudio Spinola, da Morada da Floresta. Utilize o líquido que fica na caixa de baixo para borrifar e/ou regar as plantas<BR><BR> Fabiano Cerchiari/UOL Mais
Descarte apenas os resíduos recomendados abaixo:<BR>- frutas, legumes, verduras, grãos e sementes<BR>- saquinhos de chá, erva de chimarrão, borra de café e de cevada (com filtro)<BR>- sobras de alimentos cozidos ou estragados (sem exageros) e cascas de ovos<BR>- palhas, folhas secas, serragem, gravetos, palitos de fósforo e dentais, podas de jardim<BR>- papel toalha, guardanapos de papel, papel de pão, papelão, embalagem de pizza e papel jornal<BR><BR> Fabiano Cerchiari/UOL Mais
Se você mora em uma casa que possui área externa, tem a opção de adotar um sistema mais simples de compostagem<BR><BR>Material<BR>- Caixote de madeira<BR>- Faca<BR>- Plástico grosso para forrar o fundo do caixote<BR>- Terra preta<BR>- Serragem<BR>- Minhocas<BR><BR> Fabiano Cerchiari/UOL Mais
Forre o caixote com o plástico<BR><BR> Fabiano Cerchiari/UOL Mais
Faça alguns furos no plástico com a faca, para que o fertilizante possa escorrer<BR><BR> Fabiano Cerchiari/UOL Mais
Cubra o fundo do caixote com cinco centímetros de terra<BR><BR> Fabiano Cerchiari/UOL Mais
Jogue as minhocas e a sua composteira está pronta<BR><BR> Fabiano Cerchiari/UOL Mais
Agora você já pode começar a descartar o lixo orgânico. Neste caso, também só descarte os resíduos recomendados anteriormente<BR><BR> Fabiano Cerchiari/UOL Mais
Sempre que dispensar o lixo, cubra-o com material vegetal seco, como a serragem. Acomode a composteira em local sombreado e protegido da chuva, e aguarde um mês para que o material se transforme em húmus. Para recolher o fertilizante, coloque uma bandeja ou um recipiente apropriado embaixo do caixote<BR><BR> Fabiano Cerchiari/UOL Mais
Para reiniciar o processo de compostagem, deixe cinco centímetros do húmus no fundo e recomece a descartar os resíduos. Isso vale para os dois sistemas<BR><BR> Fabiano Cerchiari/UOL Mais
Reciclando o lixo doméstico, você produz adubo natural (húmus de minhoca) de excelente qualidade, rico em nutrientes para as plantas, jardins e hortas. Além disso, a prática diminui o volume de lixo encaminhado para os aterros sanitários; a poluição ambiental decorrente dos lixões; e ainda contribui na divulgação da compostagem doméstica<BR><BR>Créditos:<BR>Produção e reportagem: Silvana Maria Rosso<BR>Consultoria: Claudio Spinola (<a href= http://www.moradadafloresta.org.br ><U>Morada da Floresta</U></A>)<BR><BR> Fabiano Cerchiari/UOL Mais

Compostagem: transforme o lixo orgânico em adubo natural para as plantas

Mais álbuns de Casa e Decoração x

Veja mais: PODA DE ROSEIRA , HORTA ORGÂNICA: BERINJELA , FRUTÍFERAS EM VASOS

ÚLTIMOS ÁLBUNS DE CASA E DECORAÇÃO

titulo-box Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos