Conheça quatro erros comuns que as noivas cometem ao escolher o vestido

Como o dia do casamento é especial e ficará na memória --e álbum de fotos-- dos noivos, é necessário, entre outros detalhes, que o vestido de noiva esteja impecável. Portanto, é preciso ter muito cuidado na escolha: o modelo deve se ajustar ao tipo de corpo da noiva e o estilo deve combinar com o tom geral do casório. Além disso, é preciso ter cuidado para não aparecer na igreja com um vestido todo amassado. Confira, abaixo, quatro erros comuns que fazem as noivas perderem o glamour:

Vestidos que marcam pneuzinhos e dobras nas costas: Nenhuma mulher quer ter dobras e pneuzinhos acentuados. Por isso, resista à tentação de escolher um vestido menor que o seu número, na esperança de emagrecer. Tome cuidado, também, com fendas e decotes nas costas. Quando o vestido é apertado demais, o decote na parte de trás pode causar o indesejável efeito da foto ao lado.
Tecido que amassa demais: Se vai mandar fazer o vestido, tenha cuidado redobrado na escolha do tecido. Tafetá, organza e gazar de seda, por exemplo, são conhecidos por amassarem com facilidade. Se optar por um tecido do tipo, fique atenta para não amassar o vestido no caminho da cerimônia. A peça precisa estar impecável!
Seios pequenos demais para o decote: Se a noiva tem seios muito pequenos e escolhe um modelo de vestido que exija um busto avantajado, acaba chamando a atenção de forma negativa. Se esse é o seu tipo de corpo, prefira modelos do tipo frente-única ou com decote ombro a ombro.
Decote que não sustenta os seios: Se a noiva tem seios fartos, deve investir em um vestido de noiva que os sustente. Nada pior do que uma noiva cujos seios parecem que vão pular para fora a qualquer instante. Em vez de sexy, decotes profundos deixam a noiva com um visual vulgar.

Crédito das fotos: iStock Photo



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos